Comparar Imóveis

Comparar
Só poderá comparar 4 imóveis em simultâneo. Caso adicione um novo imóvel o mesmo irá substituir o primeiro na lista de comparação.

Blog

O que acontece se não pagar o IMI dentro do prazo?

 Pagar impostos depois da data limite irá conter sempre consequências e custos. Tal isso aconteça, será então retirada uma certidão de dívida em nome da pessoa em causa que irá dar origem a um processo de execução fiscal. De seguida, o contribuinte será notificado pela Autoridade Tributária para pagar voluntariamente a dívida, isto no prazo de 30 dias.

 Ao invés de pagar coimas, irá pagar juros de mora e custos  de processamento e não será possível pagar o IMI em prestações.

 O IMI é pago anualmente através de um documento único de cobrança nos prazos abaixo indicados:

Maio 

  • Prestação única, se o imposto for igual ou inferior a 100 euros;
  • 1.ª prestação, se o imposto for superior a 100 euros.

Agosto

  • 2.ª prestação, se o imposto for superior a 500 euros.

Novembro

  • 2.ª prestação, se o imposto for superior a 100 euros e igual ou inferior a 500 euros;
  • 3.ª prestação, se o imposto for superior a 500 euros.

 No decorrer do mês de maio, assim que o montante do imposto for superior a 100 euros, o contribuinte poderá efetuar o pagamento integral do IMI. E os documentos de cobrança fora do prazo de pagamento terão que ser pagos até ao final do mês seguinte quando notificados.

 Apenas os documentos de cobrança a partir dos dois anos, de montante superior a 250€ e caso tenha feito o pagamento antes do prazo por responsabilidade da administração fiscal, estes são pagos com intervalos de 6 meses contados a partir do mês seguinte da notificação.

O IMI pode ser pago:

  • Nas secções de cobrança dos Serviços de Finanças;
  • Nos balcões dos CTT;
  • Nos balcões das instituições de crédito com protocolo para o efeito celebrado com a Autoridade Tributária;
  • Na rede de caixas automáticas Multibanco;
  • Por homebanking;
  • Através de débito direto ou da APP “Situação Fiscal – Pagamentos”.

Fonte: idealista.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seja o primeiro a recerer

as novidades

ESTEJA NA LINHA DA FRENTE DO QUE POR AQUI ACONTECE!