Comparar Imóveis

Comparar
Só poderá comparar 4 imóveis em simultâneo. Caso adicione um novo imóvel o mesmo irá substituir o primeiro na lista de comparação.

Blog

Ter seguro de vida faz realmente a diferença e nós podemos provar!

 Um seguro de vida previne possíveis acontecimentos dos quais não podemos adivinhar nem desfazer preparando o melhor para esses acontecimentos. 

Benefícios e seus custos 

 Se ainda for jovem e resolver fazer um seguro de vida o valor a pagar anualmente será mais reduzido. Isto se a pessoa não tiver histórico ou hábitos que possam provocar uma morte prematura, como tabagismo ou alcoolismo.

 O valor extra a pagar pelo seguro de vida pode tornar-se útil se houver um azar de uma fatalidade ou um acidente que provoque algum tipo de incapacidade.

 Um seguro de vida básico no caso de morte, a capital seguro de 50.000€, pode ficar-lhe a 5€ por mês. Consegue assim salvaguardar a estabilidade financeira da sua família por 60€ por ano.

Apoio em caso de morte

 Em caso de morte do membro da família que traz mais dinheiro para casa, o seguro de vida consegue colmatar, até certo ponto, essa perda de rendimentos.

 Este apoio salvaguarda em caso de morte e pode ser uma mais valia, especialmente se tiver pessoas a seu cargo, trazendo uma segurança financeira adicional a todos e tranquilidade.

Seguro de vida pode pagar-lhe o crédito à habitação

 Em determinados casos, a sua casa ficará paga, dependendo sempre das coberturas que contratualizou. Existem dois tipos de coberturas: as que contemplam a Invalidez Total e Permanente (ITP) e as de Invalidez Absoluta e Definitiva (IAD). 

 Caso tenha um acidente que fique com uma incapacidade superior a 60% ou 66% que lhe impeça de ir trabalhar, estamos a falar da cobertura ITP, e nesta situação a casa fica paga. E situações em que a incapacidade é superior a 80% que necessitem de cuidados prestados por uma terceira pessoa, falamos da cobertura IAD, que recebe indemnização e a casa fica paga.

Tem um emprego de alto risco? 

 Se trabalhar, como por exemplo, na construção, aviação, nos bombeiros, entre outras, o seu trabalho é de alto risco com maior probabilidade de levar até mesmo à morte. E neste caso se realmente trabalhar nestes locais aconselhamos vivamente a ter seguro que pode trazer uma maior segurança financeira tanto para si como para a sua família.

 Se tiver a oportunidade de ter um seguro que cubra acidentes ou fatalidades na sua profissão, deve aproveitar pois se ficar incapacitado para trabalhar e não tiver seguro de vida, a sua situação financeira poderá ficar complicada.

Ajuda com os custos do funeral

 Uma das vantagens de ter seguro de vida é que este oferece um subsídio de funeral, onde pode cobrir os custos. Um funeral pode atingir um custo elevado, no mínimo, uma despesa de 1.500€.

 Para além desse valor a Segurança Social ainda proporciona um subsídio de funeral a receber 1.329,60€, para obter este subsídio terá que comprovar a realização da cerimónia e que tenha contribuído para esta instituição do Estado. Se  nunca contribuiu para a Segurança, então só tem direito a receber 219,96€.

Complemento de reforma para a pessoa viúva

 Caso esteja perto da reforma, pode revelar-se uma grande ajuda para não sentir tanto a quebra de rendimentos e esse dinheiro pode ser utilizado para cobrir as despesas da pessoa viúva.

 

Fonte: doutorfinancas.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seja o primeiro a recerer

as novidades

ESTEJA NA LINHA DA FRENTE DO QUE POR AQUI ACONTECE!