Comparar Imóveis

Comparar
Só poderá comparar 4 imóveis em simultâneo. Caso adicione um novo imóvel o mesmo irá substituir o primeiro na lista de comparação.

Blog

Proteção de renda

A proteção de renda implica que os senhorios e inquilinos estejam protegidos pelo incumprimento no pagamento de rendas fazendo assim o anteparo financeiro da sua família.  Tanto os senhorios como os inquilinos podem pedir o seguro de renda, acautelando os interesses de ambos. 

Condições para segurar o seu arrendamento

 O seguro pode ser realizado pelo senhorio ou pelo inquilino com as seguintes condições:

  • Não ter conhecimento de uma possível situação de desemprego involuntário;
  • Desempenhar até à data da adesão, no mínimo 16 horas semanais, nos últimos 12 meses;
  • Ter entre 18 e 64 anos;
  • Ser parte de um contrato de arrendamento;
  • A renda não deverá ter um valor superior a 40% do ordenado bruto do inquilino.

 O contrato de arrendamento deve de ter iniciado nos últimos 90 dias, ou há mais de 12 meses. Não são aceites contratos de arrendamento depois desse tempo.

Senhorio

 Pode fazer os possíveis para tentar transmitir segurança ao arrendar o imóvel com a certeza que os rendimentos irão ser protegidos em caso de incumprimento do inquilino mas eles podem não conseguir pagar a renda por estes motivos:

  • Incapacidade para trabalhar devido a doença, acidente ou por estar hospitalizado;
  • Falecimento de um familiar;
  • Desemprego involuntário.

Inquilino

 Com o seguro de proteção de renda irá protegê-lo das seguintes situações:

  • Evitar estressar-se;
  • Ganha tempo para organizar as suas contas;
  • Asseguramento do cumprimento no pagamento das suas rendas.

Coberturas disponíveis

Este seguro garante:

  • Defesa jurídica;
  • Pagamentos de rendas em atraso.

Vantagens

  • Segurança para o proprietário, vai garantir o valor da renda mesmo que a situação económica do seu inquilino altere;
  • Proteção do rendimento do senhorio caso o inquilino não possa pagar a renda;
  • O inquilino tem assegurado o pagamento da sua renda nessas situações;
  • Evita possíveis problemas entre si e o seu senhorio e problemas judiciais que poderá ter.

 

Fonte: supercasa.pt, doutorfinancas.pt e tranquilidade.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seja o primeiro a recerer

as novidades

ESTEJA NA LINHA DA FRENTE DO QUE POR AQUI ACONTECE!